De outros

Blogger em destaque da semana: comida deliciosa para mães

Blogger em destaque da semana: comida deliciosa para mães


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Estamos orgulhosos de apresentar Danielle Fahrenkrug no Blogger em destaque desta semana, onde destacamos um membro do The Daily Meal’s Rede de conteúdo culinário, um grupo selecionado de blogueiros talentosos e influentes que escrevem sobre comida e bebida.

Danielle é uma blogueira que mora na Califórnia e é apaixonada por receitas saudáveis ​​e econômicas que são fáceis de fazer. Ela descobriu o equilíbrio dentro de seu corpo depois de ser diagnosticada com síndrome do ovário policístico aos 26 anos.

Ao eliminar alimentos processados, diminuir a ingestão de glúten, não comer açúcar falso e praticar exercícios regularmente, Danielle reformulou completamente seu estilo de vida e não olhou para trás desde então. Com o blog dela Comida deliciosa para mamãe Danielle tem como objetivo mostrar a seus leitores que não há necessidade de sacrificar o sabor e o prazer por uma alimentação saudável. Seu blog está cheio de lindas fotografias e receitas fáceis de seguir que não contêm glúten e podem ser apreciadas por toda a família.

Se você está com vontade de fazer sushi ou sopa, entradas, lanches ou até mesmo sobremesas, Delightful Mom Food está tão repleto de ótimas receitas que você com certeza encontrará algo ótimo.

Danielle mora em Santa Bárbara com o marido, dois filhos, quatro galinhas e um cachorro!

The Daily Meal: Qual é a missão do seu blog?

Danielle Fahrenkrug: Proporcionar às famílias receitas fáceis, saudáveis ​​e sem glúten que apreciem toda a família, eliminando o incômodo de fazer refeições separadas para todos.

Como você começou?

Começar a blogar é como fazer um passeio cross-country em um cavalo e charrete. É viajar por uma estrada lenta e acidentada que leva a grandes coisas se você continuar com ela!

Você está pronto para esta jornada “Deliciosa” acidentada? Comecei a escrever um blog em 2011 sobre comida, artesanato e a reforma de nossa casa. Depois que tive filhos, era minha maneira de me encontrar e manter minha criatividade fluindo enquanto abraçava as necessidades altruístas da maternidade. Depois que a reforma de nossa casa foi concluída, todo o meu tempo se concentrou em cozinhar e simplificar o caos na hora das refeições! À medida que meus filhos começaram a experimentar alimentos, eles ficaram cada vez mais exigentes! Eu praticamente moro na cozinha, preparando refeições saudáveis ​​não processadas para minha família. Essa mudança no estilo de vida levou a fechar uma porta e abrir outra.

Eu estava recebendo visitantes do meu antigo blog, mas sabia que se quisesse mais tráfego e para compartilhar o que comíamos em um nível mais amplo, teria que me concentrar em um assunto: comida. Dei um enorme salto de fé, confiei em Deus, apaguei meu antigo blog e comecei do zero em agosto de 2015. Isso significava perder a maior parte do tráfego, autoridade de domínio, etc., que o antigo site tinha. Mas adivinhe? Fechar essa porta e começar com uma nova mentalidade foi a melhor decisão! Novas portas começaram a se abrir.

Para começar, comprei um domínio (não apenas .blogspot), fechei meu antigo site do Blogger, recomecei em uma plataforma Wordpress e comecei a reconstruir. Eu aprendi e implementei técnicas simples de SEO, e realmente tentei aprender o máximo possível para torná-lo cada vez melhor para os leitores! Além disso, temos trabalhado na construção de uma linha de produtos de alta qualidade e produtos de cozinha acessíveis para ajudar a eliminar as suposições e realmente ajudar a otimizar o processo de cozinha tanto quanto poderíamos para nós e para os outros. Então, atualmente, estamos investindo algum tempo para construir isso também.

Delightful Mom Food oferece toneladas de muffins simples recheados com vegetais, lanches à base de frutas e pratos sem glúten que simplificam a hora do jantar! Blogar nunca parece um trabalho, especialmente quando recebo comentários maravilhosos de leitores dizendo que eles fizeram uma das receitas que toda a família gostou!

Minha missão e único objetivo da Delightful Mom Food é ajudar outras pessoas a fazer lanches e refeições simples, saudáveis ​​e deliciosas que toda a família gosta! Quase tudo tem 400 calorias ou menos, sem glúten e simples de fazer. Eu gosto de dizer “criança testada, marido aprovado” antes de uma receita chegar ao blog!

Qual é a sua filosofia de cozinhar ou assar?

Use apenas os melhores ingredientes, nada falso, e planeje, planeje, planeje as refeições! Se você puder comprar localmente no mercado dos fazendeiros, encontrará os tomates mais suculentos e os produtos mais saborosos. Sua comida será imparável de consumir porque é verdade - fresco é melhor! Além disso, comer alimentos orgânicos não é tão caro quanto se possa pensar. Especialmente quando, a longo prazo, seu corpo está prosperando com isso. Se houver sobras de produtos na casa que podem apodrecer em breve, eu congelo ou jogo na panela elétrica para transformar em sopa. Também congelo as sobras de sopas para um jantar rápido nas noites em que não tenho vontade de cozinhar.

Quais são alguns dos alimentos sem os quais você não consegue viver?

Pão, iogurte grego com frutas frescas, tomates e brotos de brócolis. Eu adoro carboidratos, então faço meus próprios muffins diariamente, massa de pizza uma vez por semana e alguns lotes de pão caseiro cerca de uma vez por mês. Sempre que quero um lanche leve, corro um pedaço de pão com tomates do mercado, mostarda e brotos de brócolis. Isso me enche e tem um gosto delicioso!

Existem alimentos que você não suporta?

Carne vermelha, a menos que esteja grávida. Desculpe amigos, eu simplesmente não suporto o sabor de pepperoni, bife, porco, hambúrgueres, etc. Talvez o gosto repulsivo esteja apenas na minha cabeça, mas vocês não encontrarão essas receitas no meu blog. Como eu disse, a menos que eu esteja grávida - mas quando estava grávida dos meus dois filhos, só queria uma pizza de calabresa com linguiça! Essa foi a grande revelação de que algo estava assando na minha barriga!

Qual é a sua postagem de maior orgulho?

Minha postagem de maior orgulho é minha receita de dieta de sopa de repolho em fogão lento. Ele recebeu ótimas críticas e comentários nas redes sociais, então estou tão orgulhoso que as pessoas estão cativadas pelas fotos, estão fazendo e delirando sobre como é delicioso! É incrivelmente nutritivo e fácil, e eu explico todos os benefícios para a saúde, incluo um vídeo e as informações nutricionais no post. Muito tempo foi investido, então eu aprecio sua popularidade.

Você tem um erro de blogging?

Haha, sim, muitos! Gosto de esperar que todos nós o façamos. No passado, eu não estava tornando meus URLs corretos, então voltei e corrigi todos eles. Lição aprendida e valeu a pena corrigir meu erro. Tenho certeza de que tenho mais, mas não consigo pensar em nenhum agora.

Qual é o seu comentário mais memorável de um leitor?

Na verdade, vi uma das minhas leitoras na praia, certa tarde, brincando com seus filhos. Eu nem sabia que ela acompanhava o blog, mas ela me disse que acabou de fazer minha sopa de milho vegana (que eu havia postado na mesma semana), junto com minha receita de quinua Tex-Mex e algumas receitas de muffin. Sua família inteira (incluindo duas crianças pequenas) amou e comeu! Esse é o meu objetivo, então ouvir isso me faz continuar, continuar criando e postando.

O que você gosta de ouvir na cozinha?

Sempre tenho música na cozinha e sou muito diversa nesse aspecto! O que quer que eu esteja sentindo no momento! Sou um grande fã de country e ultimamente tem sido muito disso!

Quais são alguns outros blogs que você adora?

- Avental bagunçado de Chelsey (também, ela tem um ótimo livro sobre como começar um blog)

- Caixa de receitas de Lauren

- Pitada de Yum

- Que delícia

- Jardim na cozinha

- Katie Coberta de Chocolate

- Food Faith Fitness

- Um ouriço na cozinha

- O Escritor de Cookies

- Desejo de Kim

- Cozinhar um momento

- Padeiro minimalista

- Cotter Crunch

- Colina Culinária

Oh meu Deus, existem tantos blogueiros talentosos e motivados por aí que eu poderia simplesmente continuar e continuar!

Qual é a melhor coisa sobre o blog?

Ser capaz de ajudar outras famílias a comer bem e a comunidade e os relacionamentos que são construídos. Conheci tantas pessoas maravilhosas online e na minha comunidade por meio do blog.

Qual é a coisa mais desafiadora dos blogs?

Gerenciamento de tempo e bloqueio de tempo com ser uma dona de casa em tempo integral.

O que mesmo seus seguidores mais leais ficariam surpresos em saber sobre você?

Hmmm ... Bem, uma coisa é que, embora eu seja um fanático por saúde, eu costumo sempre ter um estoque de chocolate o tempo todo para aqueles momentos em que você só precisa comer! Não diga!

Mais alguma coisa que você gostaria de compartilhar?

Eu sou muito abençoado por ter tantos leitores maravilhosos, e só quero agradecer a todos por seu apoio e feedback incrível! Continue me informando sobre coisas de que você gosta ou não gosta ao visitar meu site. Dessa forma, posso continuar a oferecer a você a melhor experiência.

Além disso, o blog é um trabalho extremamente difícil. Especialmente os blogs de comida, porque existem tantas opções deliciosas por aí e fazer com que as suas sejam notadas é especialmente desafiador. O que quer que você esteja fazendo na vida, siga em frente e nunca pare! Blogar é como um rio, e os rios sabem disso: “Não há pressa, então continue se movendo devagar e você vai chegar lá”.

Quais são as cinco de suas postagens favoritas de todos os tempos?

Essa é difícil, eu tenho tantos! Cinco ótimos são:

- Muffins de espinafre com gotas de chocolate

- Receita da dieta da sopa de repolho em um caldo de missô picante

- Sopa de Taco de Frango em Panela Lenta

- Muffins de maçã feitos com abobrinha e cenoura

- Tacos de bacalhau com molho do sudoeste


Trisha Yearwood se lembra da mãe da maneira mais bonita

Vários Grammys. UMA deve observar Rede de comida programa de TV. Ver Trisha Yearwood em ação é ver uma mulher incrível em ação. Portanto, não é nenhuma surpresa saber que uma mulher igualmente incrível a inspirou. Temos o prazer de anunciar um novo coleção de mesa chamada “Gwendolyn,” uma linha elegante de louças para o dia-a-dia baseada nos bolos de casamento que a mãe de Trisha, Gwendolyn, fazia quando suas filhas eram pequenas.

Para Assistir Trisha e sua irmã Beth relembram o trabalho árduo de sua mãe - e para ver o loiças em looping, caprichosamente refinadas que resultou de sua colaboração com Williams Sonoma - é ver duas filhas saudade de sua falecida mãe, que eles chamam de "heroína". Aqui está um pouco mais sobre Gwendolyn, cuja assinatura - não retocada, porque sua caligrafia era impecável - marca cada xícara, pires e prato nesta linha incrível.

“Destemido”, lembra Trisha. Se ela ainda estivesse aqui, “mamãe seria a estrela de seu próprio programa de culinária”. Gwendolyn fez uma pausa em seu trabalho como professora para ficar em casa com eles antes que os dois frequentassem a escola primária, mas ela se manteve muito ocupada além do trabalho já assustador de criar dois filhos. Ela era costureira e fabricante de bolos de casamento, entre muitas outras coisas.

Beth se lembra de um casamento para o qual a mãe Gwendolyn fez o bolo. Isso não foi suficiente. “Eu lembro dela fazendo um vestido para usar para aquele casamento! "

Elas aprenderam a cozinhar com a mãe e com a avó, e as irmãs mantêm um relacionamento especial na cozinha. “Temos uma taquigrafia na cozinha”, eles riem. “Nós estivemos [lá] juntos durante toda a nossa vida - meio que sabemos o que o outro vai fazer!”

“Nossa mãe nos incentivou a entrar lá, entrar lá e fazer biscoitos, sujar as mãos”, explica Trisha. & # 8220 Acho que é por isso que nós dois cozinhamos agora para nossas famílias, porque ambos fomos incentivados a fazê-lo. & # 8221

Afinal, eles começaram jovens, quando Gwendolyn abriu um pequeno negócio para ganhar dinheiro extra fazendo bolos para casamentos e aniversários. As meninas se maravilhariam com suas treliças de coração feitas à mão e sinos de açúcar - "Ela era a rainha!" ri Trisha.

Eles se lembram, também, de ajudar a levar o bolo de casamento, em pedaços, até a cerimônia. “Beth era mais velha e mais responsável”, ri Trisha. “Ela carregava a parte de cima”, que não era “consertável”, como os pedaços do meio do bolo de camadas, que a jovem Trisha tinha permissão de carregar.

Trisha lembra que sua mãe - também costureira de crack - costumava montar seus figurinos para shows em um piscar de olhos. “Eu diria‘ Eu quero uma bela jaqueta justa com franja ’, e ela faria sem um padrão”, lembra a cantora.

As duas garotas pensaram que sua mãe preparou lindos bolos de casamento de cinco camadas sem um plano também, mas depois que Gwendolyn faleceu, elas encontraram revistas com desenhos dobrados nelas. Ela pensou em cada bolo, floreio e sino. A professora da terceira série tinha uma caligrafia que fazia com que os destinatários das notas de agradecimento - ela mandou muitas - guardassem em segurança. (Isso inclui o marido de Trisha, Garth Brooks!) É por isso que sua adorável assinatura agora adorna cada peça.

As receitas de Gwendolyn & # 8217s, que ela mantinha em uma caixa de sapatos, eram igualmente precisas. “Se estiver usando um intervalo GE, são duas horas a 200 graus”, as notas podem dizer, ri Trisha. As duas meninas continuam a fazer as receitas que aprenderam com a mamãe e a vovó, como um biscoito de morango que é lindo, simples e lembra "um biscoito gigante!" ri Beth.

Quando as irmãs encontraram os desenhos simples e elegantes de Gwendolyn, elas ficaram emocionadas em compartilhá-los com Wayne Maness, o vice-presidente de desenvolvimento de produtos da Williams Sonoma. As plantas desenhadas à mão foram a centelha para o Coleção de mesa Gwendolyn.

“Acho que ela adoraria essa coleção”, diz Beth. “Ela adorava um prato simples e elegante. Esta linha me lembra o que ela possuía. ” Trisha acrescenta: “Acho que ela ficaria lisonjeada em estar em Williams Sonoma - é o máximo, realmente.”

Trisha lembra que quando se casou com Garth, há 15 anos, pediu à mãe que fizesse o bolo. Gwendolyn a princípio recusou, com um "Eu não faço mais isso." Trisha prometeu que poderia ser simples - algo pequeno para amigos e família - e Gwendolyn concordou. Em seguida, ela fez um bolo de cinco camadas e, Trisha lembra, “era fabuloso. Gwen era uma super-heroína. ” Mamãe até deu a Trisha os noivos que estavam no dela bolo de casamento. Significou o mundo para sua filha.

Esse coleção também significa muito para as meninas, que vão usá-lo em casa todos os dias. & # 8220É & # 8217 outra maneira de homenageá-la & # 8221 diz Trisha. “Estes são os tipos de peças que podem se tornar a tradição de sua família. & # 8221


Trisha Yearwood se lembra da mãe da maneira mais bonita

Vários Grammys. UMA deve observar Rede de comida programa de TV. Ver Trisha Yearwood em ação é ver uma mulher incrível em ação. Portanto, não é nenhuma surpresa saber que uma mulher igualmente incrível a inspirou. Temos o prazer de anunciar um novo coleção de mesa chamada “Gwendolyn,” uma linha elegante de louças para o dia a dia baseada nos bolos de casamento que a mãe de Trisha, Gwendolyn, fazia quando suas filhas eram pequenas.

Para Assistir Trisha e sua irmã Beth relembram o trabalho árduo de sua mãe - e para ver o loiças em looping, caprichosamente refinadas que resultou de sua colaboração com Williams Sonoma - é ver duas filhas saudade de sua falecida mãe, que eles chamam de "heroína". Aqui está um pouco mais sobre Gwendolyn, cuja assinatura - não retocada, porque sua caligrafia era impecável - marca todas as xícaras, pires e pratos nesta linha incrível.

“Destemido”, lembra Trisha. Se ela ainda estivesse aqui, “mamãe seria a estrela de seu próprio programa de culinária”. Gwendolyn fez uma pausa em seu trabalho como professora para ficar em casa com eles antes que os dois frequentassem a escola primária, mas ela se manteve muito ocupada além do trabalho já assustador de criar dois filhos. Ela era costureira e fabricante de bolos de casamento, entre muitas outras coisas.

Beth se lembra de um casamento para o qual a mãe Gwendolyn fez o bolo. Isso não foi suficiente. “Eu lembro dela fazendo um vestido para usar para aquele casamento! "

Elas aprenderam a cozinhar com a mãe e com a avó, e as irmãs mantêm um relacionamento especial na cozinha. “Temos uma taquigrafia na cozinha”, eles riem. “Nós estivemos [lá] juntos durante toda a nossa vida - meio que sabemos o que o outro vai fazer!”

“Nossa mãe nos incentivou a entrar lá, entrar lá e fazer biscoitos, sujar as mãos”, explica Trisha. & # 8220 Acho que é por isso que nós dois cozinhamos agora para nossas famílias, porque ambos fomos incentivados a fazê-lo. & # 8221

Afinal, eles começaram jovens, quando Gwendolyn abriu um pequeno negócio para ganhar dinheiro extra fazendo bolos para casamentos e aniversários. As meninas se maravilhariam com suas treliças de coração feitas à mão e sinos de açúcar - "Ela era a rainha!" ri Trisha.

Eles se lembram, também, de ajudar a levar o bolo de casamento, em pedaços, até a cerimônia. “Beth era mais velha e mais responsável”, ri Trisha. “Ela carregava a parte de cima”, que não era “consertável”, como os pedaços do meio do bolo de camadas, que a jovem Trisha tinha permissão de carregar.

Trisha lembra que sua mãe - também costureira de crack - costumava montar seus figurinos para shows em um piscar de olhos. “Eu diria‘ Eu quero uma bela jaqueta justa com franja ’, e ela faria sem um padrão”, lembra a cantora.

As duas garotas pensaram que sua mãe preparou lindos bolos de casamento de cinco camadas sem um plano também, mas depois que Gwendolyn faleceu, elas encontraram revistas com desenhos dobrados nelas. Ela pensou em cada bolo, floreio e sino. A professora da terceira série tinha uma caligrafia que fazia com que os destinatários das notas de agradecimento - ela mandou muitas - guardassem em segurança. (Isso inclui o marido de Trisha, Garth Brooks!) É por isso que sua adorável assinatura agora adorna cada peça.

As receitas de Gwendolyn & # 8217s, que ela mantinha em uma caixa de sapatos, eram igualmente precisas. “Se estiver usando um intervalo GE, são duas horas a 200 graus”, as notas podem dizer, ri Trisha. As meninas continuam a fazer as receitas que aprenderam com a mamãe e a vovó, como um biscoito de morango que é lindo, simples e lembra "um biscoito gigante!" ri Beth.

Quando as irmãs encontraram os desenhos simples e elegantes de Gwendolyn, elas ficaram emocionadas em compartilhá-los com Wayne Maness, o vice-presidente de desenvolvimento de produtos da Williams Sonoma. As plantas desenhadas à mão foram a centelha para o Coleção de mesa Gwendolyn.

“Acho que ela adoraria essa coleção”, diz Beth. “Ela adorava um prato simples e elegante. Esta linha me lembra o que ela possuía. ” Trisha acrescenta: “Acho que ela ficaria lisonjeada em estar em Williams Sonoma - é o máximo, realmente.”

Trisha lembra que quando se casou com Garth, há 15 anos, pediu à mãe que fizesse o bolo. Gwendolyn a princípio recusou, com um "Eu não faço mais isso." Trisha prometeu que poderia ser simples - algo pequeno para amigos e família - e Gwendolyn concordou. Em seguida, ela fez um bolo de cinco camadas e, Trisha lembra, “era fabuloso. Gwen era uma super-heroína. ” Mamãe até deu a Trisha os noivos que estavam no dela bolo de casamento. Significou o mundo para sua filha.

Esse coleção também significa muito para as meninas, que vão usá-lo em casa todos os dias. & # 8220É & # 8217 outra maneira de homenageá-la & # 8221 diz Trisha. “Estes são os tipos de peças que podem se tornar a tradição de sua família. & # 8221


Trisha Yearwood se lembra da mãe da maneira mais bonita

Vários Grammys. UMA deve observar Rede de comida programa de TV. Ver Trisha Yearwood em ação é ver uma mulher incrível em ação. Portanto, não é nenhuma surpresa saber que uma mulher igualmente incrível a inspirou. Temos o prazer de anunciar um novo coleção de mesa chamada “Gwendolyn,” uma linha elegante de louças para o dia-a-dia baseada nos bolos de casamento que a mãe de Trisha, Gwendolyn, fazia quando suas filhas eram pequenas.

Para Assistir Trisha e sua irmã Beth relembram o trabalho árduo de sua mãe - e para ver o loiças em looping, caprichosamente refinadas que resultou de sua colaboração com Williams Sonoma - é ver duas filhas saudade de sua falecida mãe, que eles chamam de "heroína". Aqui está um pouco mais sobre Gwendolyn, cuja assinatura - não retocada, porque sua caligrafia era impecável - marca cada xícara, pires e prato nesta linha incrível.

“Destemido”, lembra Trisha. Se ela ainda estivesse aqui, “mamãe seria a estrela de seu próprio programa de culinária”. Gwendolyn fez uma pausa em seu trabalho como professora para ficar em casa com eles antes que os dois frequentassem a escola primária, mas ela se manteve muito ocupada além do trabalho já assustador de criar dois filhos. Ela era costureira e fabricante de bolos de casamento, entre muitas outras coisas.

Beth se lembra de um casamento para o qual a mãe Gwendolyn fez o bolo. Isso não foi suficiente. “Eu lembro dela fazendo um vestido para usar para aquele casamento! "

Elas aprenderam a cozinhar com a mãe e com a avó, e as irmãs mantêm um relacionamento especial na cozinha. “Temos uma taquigrafia na cozinha”, eles riem. “Nós estivemos [lá] juntos durante toda a nossa vida - meio que sabemos o que o outro vai fazer!”

“Nossa mãe nos incentivou a entrar lá, entrar lá e fazer biscoitos, sujar as mãos”, explica Trisha. & # 8220 Acho que é por isso que nós dois cozinhamos agora para nossas famílias, porque ambos fomos incentivados a fazê-lo. & # 8221

Afinal, eles começaram jovens, quando Gwendolyn abriu um pequeno negócio para ganhar dinheiro extra fazendo bolos para casamentos e aniversários. As meninas se maravilhariam com suas treliças de coração feitas à mão e sinos de açúcar - "Ela era a rainha!" ri Trisha.

Eles se lembram, também, de ajudar a levar o bolo de casamento, em pedaços, até a cerimônia. “Beth era mais velha e mais responsável”, ri Trisha. “Ela carregava a parte de cima”, que não era “consertável”, como os pedaços do meio do bolo de camadas, que a jovem Trisha tinha permissão de carregar.

Trisha lembra que sua mãe - também costureira de crack - costumava montar seus figurinos para shows em um piscar de olhos. “Eu diria‘ Eu quero uma bela jaqueta justa com franja ’, e ela faria sem um padrão”, lembra a cantora.

As duas garotas pensaram que sua mãe preparou lindos bolos de casamento de cinco camadas sem um plano também, mas depois que Gwendolyn faleceu, elas encontraram revistas com desenhos dobrados nelas. Ela havia pensado em cada bolo, floreio e sino. A professora da terceira série tinha uma caligrafia que fazia com que os destinatários das notas de agradecimento - ela mandou muitas - guardassem em segurança. (Isso inclui o marido de Trisha, Garth Brooks!) É por isso que sua adorável assinatura agora adorna cada peça.

As receitas de Gwendolyn & # 8217s, que ela mantinha em uma caixa de sapatos, eram igualmente precisas. “Se estiver usando um intervalo GE, são duas horas a 200 graus”, as notas podem dizer, ri Trisha. As meninas continuam a fazer as receitas que aprenderam com a mamãe e a vovó, como um biscoito de morango que é lindo, simples e lembra "um biscoito gigante!" ri Beth.

Quando as irmãs encontraram os desenhos simples e elegantes de Gwendolyn, elas ficaram emocionadas em compartilhá-los com Wayne Maness, o vice-presidente de desenvolvimento de produtos da Williams Sonoma. As plantas desenhadas à mão foram a centelha para o Coleção de mesa Gwendolyn.

“Acho que ela adoraria essa coleção”, diz Beth. “Ela adorava um prato simples e elegante. Esta linha me lembra o que ela possuía. ” Trisha acrescenta: “Acho que ela ficaria lisonjeada em estar em Williams Sonoma - é o máximo, realmente.”

Trisha lembra que quando se casou com Garth, há 15 anos, pediu à mãe que fizesse o bolo. Gwendolyn a princípio recusou, com um "Eu não faço mais isso." Trisha prometeu que poderia ser simples - algo pequeno para amigos e familiares - e Gwendolyn concordou. Em seguida, ela fez um bolo de cinco camadas e, Trisha lembra, “era fabuloso. Gwen era uma super-heroína. ” Mamãe até deu a Trisha os noivos que estavam dela bolo de casamento. Significou o mundo para sua filha.

Esse coleção também significa muito para as meninas, que vão usá-lo em casa todos os dias. & # 8220É & # 8217 outra maneira de homenageá-la & # 8221 diz Trisha. “Estes são os tipos de peças que podem se tornar a tradição de sua família. & # 8221


Trisha Yearwood se lembra da mãe da maneira mais bonita

Vários Grammys. UMA deve observar Rede de comida programa de TV. Ver Trisha Yearwood em ação é ver uma mulher incrível em ação. Portanto, não é nenhuma surpresa saber que uma mulher igualmente incrível a inspirou. Temos o prazer de anunciar um novo coleção de mesa chamada “Gwendolyn,” uma linha elegante de louças para o dia-a-dia baseada nos bolos de casamento que a mãe de Trisha, Gwendolyn, fazia quando suas filhas eram pequenas.

Para Assistir Trisha e sua irmã Beth relembram o trabalho árduo de sua mãe - e para ver o loiças em looping, caprichosamente refinadas que resultou de sua colaboração com Williams Sonoma - é ver duas filhas saudade de sua falecida mãe, que eles chamam de "heroína". Aqui está um pouco mais sobre Gwendolyn, cuja assinatura - não retocada, porque sua caligrafia era impecável - marca cada xícara, pires e prato nesta linha incrível.

“Destemido”, lembra Trisha. Se ela ainda estivesse aqui, “mamãe seria a estrela de seu próprio programa de culinária”. Gwendolyn fez uma pausa em seu trabalho como professora para ficar em casa com eles antes que os dois frequentassem a escola primária, mas ela se manteve muito ocupada além do trabalho já assustador de criar dois filhos. Ela era costureira e fabricante de bolos de casamento, entre muitas outras coisas.

Beth se lembra de um casamento para o qual a mãe Gwendolyn fez o bolo. Isso não foi suficiente. “Eu me lembro dela fazendo um vestido para usar para aquele casamento! "

Elas aprenderam a cozinhar com a mãe e com a avó, e as irmãs mantêm um relacionamento especial na cozinha. “Temos uma taquigrafia na cozinha”, eles riem. “Nós estivemos [lá] juntos durante toda a nossa vida - meio que sabemos o que o outro vai fazer!”

“Nossa mãe nos incentivou a entrar lá, entrar lá e fazer biscoitos, sujar as mãos”, explica Trisha. & # 8220 Acho que é por isso que nós dois cozinhamos agora para nossas famílias, porque ambos fomos incentivados a fazê-lo. & # 8221

Afinal, eles começaram jovens, quando Gwendolyn abriu um pequeno negócio para ganhar dinheiro extra fazendo bolos para casamentos e aniversários. As meninas se maravilhariam com suas treliças de coração feitas à mão e sinos de açúcar - "Ela era a rainha!" ri Trisha.

Eles se lembram, também, de ajudar a levar o bolo de casamento, em pedaços, até a cerimônia. “Beth era mais velha e mais responsável”, ri Trisha. “Ela carregava a parte de cima”, que não era “consertável”, como os pedaços do meio do bolo de camadas, que a jovem Trisha tinha permissão de carregar.

Trisha lembra que sua mãe - também costureira de crack - costumava montar seus figurinos para shows em um piscar de olhos. “Eu diria‘ Eu quero uma bela jaqueta justa com franja ’, e ela faria sem um padrão”, lembra a cantora.

As duas garotas pensaram que sua mãe preparou lindos bolos de casamento de cinco camadas sem um plano também, mas depois que Gwendolyn faleceu, elas encontraram revistas com desenhos dobrados nelas. Ela havia pensado em cada bolo, floreio e sino. A professora da terceira série tinha uma caligrafia que fazia com que os destinatários das notas de agradecimento - ela mandou muitas - guardassem em segurança. (Isso inclui o marido de Trisha, Garth Brooks!) É por isso que sua adorável assinatura agora adorna cada peça.

As receitas de Gwendolyn & # 8217s, que ela mantinha em uma caixa de sapatos, eram igualmente precisas. “Se estiver usando um intervalo GE, são duas horas a 200 graus”, as notas podem dizer, ri Trisha. As duas meninas continuam a fazer as receitas que aprenderam com a mamãe e a vovó, como um biscoito de morango que é lindo, simples e lembra "um biscoito gigante!" ri Beth.

Quando as irmãs encontraram os desenhos simples e elegantes de Gwendolyn, elas ficaram emocionadas em compartilhá-los com Wayne Maness, o vice-presidente de desenvolvimento de produtos da Williams Sonoma. As plantas desenhadas à mão foram a centelha para o Coleção de mesa Gwendolyn.

“Acho que ela adoraria essa coleção”, diz Beth. “Ela adorava um prato simples e elegante. Esta linha me lembra o que ela possuía. ” Trisha acrescenta: “Acho que ela ficaria lisonjeada em estar em Williams Sonoma - é o máximo, realmente.”

Trisha lembra que quando se casou com Garth, há 15 anos, pediu à mãe que fizesse o bolo. Gwendolyn a princípio recusou, com um "Eu não faço mais isso." Trisha prometeu que poderia ser simples - algo pequeno para amigos e familiares - e Gwendolyn concordou. Em seguida, ela fez um bolo de cinco camadas e, Trisha lembra, “era fabuloso. Gwen era uma super-heroína. ” Mamãe até deu a Trisha os noivos que estavam no dela bolo de casamento. Significou o mundo para sua filha.

Esse coleção também significa muito para as meninas, que vão usá-lo em casa todos os dias. & # 8220É & # 8217 outra maneira de homenageá-la & # 8221 diz Trisha. “Estes são os tipos de peças que podem se tornar a tradição de sua família. & # 8221


Trisha Yearwood se lembra da mãe da maneira mais bonita

Vários Grammys. UMA deve observar Rede de comida programa de TV. Ver Trisha Yearwood em ação é ver uma mulher incrível em ação. Portanto, não é nenhuma surpresa saber que uma mulher igualmente incrível a inspirou. Temos o prazer de anunciar um novo coleção de mesa chamada “Gwendolyn,” uma linha elegante de louças para o dia-a-dia baseada nos bolos de casamento que a mãe de Trisha, Gwendolyn, fazia quando suas filhas eram pequenas.

Para Assistir Trisha e sua irmã Beth relembram o trabalho árduo de sua mãe - e para ver o loiças em looping, caprichosamente refinadas que resultou de sua colaboração com Williams Sonoma - é ver duas filhas saudade de sua falecida mãe, que eles chamam de "heroína". Aqui está um pouco mais sobre Gwendolyn, cuja assinatura - não retocada, porque sua caligrafia era impecável - marca cada xícara, pires e prato nesta linha incrível.

“Destemido”, lembra Trisha. Se ela ainda estivesse aqui, “mamãe seria a estrela de seu próprio programa de culinária”. Gwendolyn fez uma pausa em seu trabalho como professora para ficar em casa com eles antes que os dois frequentassem a escola primária, mas ela se manteve muito ocupada além do trabalho já assustador de criar dois filhos. Ela era costureira e fabricante de bolos de casamento, entre muitas outras coisas.

Beth se lembra de um casamento para o qual a mãe Gwendolyn fez o bolo. Isso não foi suficiente. “Eu lembro dela fazendo um vestido para usar para aquele casamento! "

Elas aprenderam a cozinhar com a mãe e com a avó, e as irmãs mantêm um relacionamento especial na cozinha. “Temos uma taquigrafia na cozinha”, eles riem. “Nós estivemos [lá] juntos durante toda a nossa vida - meio que sabemos o que o outro vai fazer!”

“Nossa mãe nos incentivou a entrar lá, entrar lá e fazer biscoitos, sujar as mãos”, explica Trisha. & # 8220 Acho que é por isso que nós dois cozinhamos agora para nossas famílias, porque ambos fomos incentivados a fazê-lo. & # 8221

Afinal, eles começaram jovens, quando Gwendolyn abriu um pequeno negócio para ganhar dinheiro extra fazendo bolos para casamentos e aniversários. As meninas se maravilhariam com suas treliças de coração feitas à mão e sinos de açúcar - "Ela era a rainha!" ri Trisha.

Eles se lembram, também, de ajudar a levar o bolo de casamento, em pedaços, até a cerimônia. “Beth era mais velha e mais responsável”, ri Trisha. “Ela carregava a parte de cima”, que não era “consertável”, como os pedaços do meio do bolo de camadas, que a jovem Trisha tinha permissão de carregar.

Trisha lembra que sua mãe - também costureira de crack - costumava montar seus figurinos para shows em um piscar de olhos. “Eu diria‘ Eu quero uma bela jaqueta justa com franja ’, e ela faria sem um padrão”, lembra a cantora.

As duas garotas pensaram que sua mãe preparou lindos bolos de casamento de cinco camadas sem um plano também, mas depois que Gwendolyn faleceu, elas encontraram revistas com desenhos dobrados nelas. Ela havia pensado em cada bolo, floreio e sino. A professora da terceira série tinha uma caligrafia que fazia com que os destinatários das notas de agradecimento - ela mandou muitas - guardassem em segurança. (That includes Trisha’s husband, Garth Brooks!) That’s why her lovely signature now adorns each piece.

Gwendolyn’s recipes, which she kept in a shoebox, were equally precise. “If using a GE range, it’s two hours at 200 degrees,” the notes might say, laughs Trisha. The girls both continue to make the recipes they learned from Mom and Grandma—like a strawberry shortcake that is beautiful, simple and reminiscent of “a giant biscuit!” laughs Beth.

When the sisters found Gwendolyn’s simple, elegant drawings, they were thrilled to share them with Wayne Maness, the Williams Sonoma Vice President of Product Development. The hand-drawn blueprints were the spark for the Gwendolyn tabletop collection.

“I think she’d love this collection,” says Beth. “She loved a simple, elegant dish. This line reminds me of what she owned.” Trisha adds, “I think she’d be flattered to be in Williams Sonoma—it’s the ultimate, really.”

Trisha remembers that when she married Garth 15 years ago, she asked her mother to make the cake. Gwendolyn at first declined, with an “I don’t do that any more.” Trisha promised it could be simple—something small for friends and family—and Gwendolyn agreed. Then she made a five-tier cake and, Trisha remembers, “it was fabulous. Gwen was a superhero.” Mom even gave Trisha the bride and groom that were on dela wedding cake. It meant the world to her daughter.

Esse collection also means a lot to the girls, who will use it at home every day. “It’s another way to honor her,” says Trisha. “These are the kinds of pieces that can become your family tradition.”


Trisha Yearwood Remembers Her Mom in the Most Beautiful Way

Multiple Grammys. UMA must-watch Rede de comida programa de TV. To see Trisha Yearwood in action is to see an incredible woman in action. So it’s no surprise to learn that an equally incredible woman inspired her. We’re thrilled to announce a new tabletop collection called “Gwendolyn,” an elegant, everyday dinnerware line based on the wedding cakes Trisha’s mother, Gwendolyn, made when her girls were young.

Para Assistir Trisha and her sister Beth recall their mom’s hard work—and to see the looping, whimsically refined plateware that resulted from their collaboration with Williams Sonoma—is to see two daughters missing their late Mom, who they call their “hero.” Here’s a bit more about Gwendolyn, whose signature—un-retouched, because her handwriting was flawless—marks every cup, saucer and plate in this knockout new line.

“Fearless,” remembers Trisha. If she was still here, “Mom would be the star of her own cooking show.” Gwendolyn took a break from her work as a teacher to stay home with them before the two of them attended grade school, but she kept plenty busy beyond the already-daunting work of raising two kids. She was a seamstress and a wedding cake maker, among many other things.

Beth recalls a wedding for which mom Gwendolyn had made the cake. That wasn’t enough. “I remember her making a dress to wear para that wedding!”

They learned to cook from Mom, and from their grandmother, and the sisters maintain a special cooking relationship. “We have a shorthand in the kitchen,” they laugh. “We’ve been [there] together our whole lives—we sorta know what the other one’s gonna do!”

“Our mom encouraged us to get in there, get in there and make biscuits, get your hands dirty,” elaborates Trisha. “I think that’s why we both cook now for our families, because we were both encouraged to.”

After all, they started young, when Gwendolyn launched a small business to pick up extra money by making cakes for weddings and birthdays. The little girls would marvel at her hand-made heart lattices and sugar bells—“She was the queen!” laughs Trisha.

They remember, too, helping walk the wedding cake, in pieces, to the ceremony. “Beth was older and more responsible,” laughs Trisha. “She’d carry the top,” which wasn’t “fixable,” like the middle pieces of the layer cake, which young Trisha was permitted to carry.

Trisha remembers that her mom—also a crack seamstress—used to pull together her costumes for shows in a flash. “I’d say ‘I want a nice fitted jacket with fringe,’ and she’d make it without a pattern,” the singer recalls.

The two girls thought their Mom threw together gorgeous five-layer wedding cakes without a plan, too, but after Gwendolyn passed, they found magazines with sketches tucked into them. She’d thought through every single cake, flourish, and bell. The third-grade teacher had handwriting that made her thank-you note recipients—she sent many—tuck them away for safekeeping. (That includes Trisha’s husband, Garth Brooks!) That’s why her lovely signature now adorns each piece.

Gwendolyn’s recipes, which she kept in a shoebox, were equally precise. “If using a GE range, it’s two hours at 200 degrees,” the notes might say, laughs Trisha. The girls both continue to make the recipes they learned from Mom and Grandma—like a strawberry shortcake that is beautiful, simple and reminiscent of “a giant biscuit!” laughs Beth.

When the sisters found Gwendolyn’s simple, elegant drawings, they were thrilled to share them with Wayne Maness, the Williams Sonoma Vice President of Product Development. The hand-drawn blueprints were the spark for the Gwendolyn tabletop collection.

“I think she’d love this collection,” says Beth. “She loved a simple, elegant dish. This line reminds me of what she owned.” Trisha adds, “I think she’d be flattered to be in Williams Sonoma—it’s the ultimate, really.”

Trisha remembers that when she married Garth 15 years ago, she asked her mother to make the cake. Gwendolyn at first declined, with an “I don’t do that any more.” Trisha promised it could be simple—something small for friends and family—and Gwendolyn agreed. Then she made a five-tier cake and, Trisha remembers, “it was fabulous. Gwen was a superhero.” Mom even gave Trisha the bride and groom that were on dela wedding cake. It meant the world to her daughter.

Esse collection also means a lot to the girls, who will use it at home every day. “It’s another way to honor her,” says Trisha. “These are the kinds of pieces that can become your family tradition.”


Trisha Yearwood Remembers Her Mom in the Most Beautiful Way

Multiple Grammys. UMA must-watch Rede de comida programa de TV. To see Trisha Yearwood in action is to see an incredible woman in action. So it’s no surprise to learn that an equally incredible woman inspired her. We’re thrilled to announce a new tabletop collection called “Gwendolyn,” an elegant, everyday dinnerware line based on the wedding cakes Trisha’s mother, Gwendolyn, made when her girls were young.

Para Assistir Trisha and her sister Beth recall their mom’s hard work—and to see the looping, whimsically refined plateware that resulted from their collaboration with Williams Sonoma—is to see two daughters missing their late Mom, who they call their “hero.” Here’s a bit more about Gwendolyn, whose signature—un-retouched, because her handwriting was flawless—marks every cup, saucer and plate in this knockout new line.

“Fearless,” remembers Trisha. If she was still here, “Mom would be the star of her own cooking show.” Gwendolyn took a break from her work as a teacher to stay home with them before the two of them attended grade school, but she kept plenty busy beyond the already-daunting work of raising two kids. She was a seamstress and a wedding cake maker, among many other things.

Beth recalls a wedding for which mom Gwendolyn had made the cake. That wasn’t enough. “I remember her making a dress to wear para that wedding!”

They learned to cook from Mom, and from their grandmother, and the sisters maintain a special cooking relationship. “We have a shorthand in the kitchen,” they laugh. “We’ve been [there] together our whole lives—we sorta know what the other one’s gonna do!”

“Our mom encouraged us to get in there, get in there and make biscuits, get your hands dirty,” elaborates Trisha. “I think that’s why we both cook now for our families, because we were both encouraged to.”

After all, they started young, when Gwendolyn launched a small business to pick up extra money by making cakes for weddings and birthdays. The little girls would marvel at her hand-made heart lattices and sugar bells—“She was the queen!” laughs Trisha.

They remember, too, helping walk the wedding cake, in pieces, to the ceremony. “Beth was older and more responsible,” laughs Trisha. “She’d carry the top,” which wasn’t “fixable,” like the middle pieces of the layer cake, which young Trisha was permitted to carry.

Trisha remembers that her mom—also a crack seamstress—used to pull together her costumes for shows in a flash. “I’d say ‘I want a nice fitted jacket with fringe,’ and she’d make it without a pattern,” the singer recalls.

The two girls thought their Mom threw together gorgeous five-layer wedding cakes without a plan, too, but after Gwendolyn passed, they found magazines with sketches tucked into them. She’d thought through every single cake, flourish, and bell. The third-grade teacher had handwriting that made her thank-you note recipients—she sent many—tuck them away for safekeeping. (That includes Trisha’s husband, Garth Brooks!) That’s why her lovely signature now adorns each piece.

Gwendolyn’s recipes, which she kept in a shoebox, were equally precise. “If using a GE range, it’s two hours at 200 degrees,” the notes might say, laughs Trisha. The girls both continue to make the recipes they learned from Mom and Grandma—like a strawberry shortcake that is beautiful, simple and reminiscent of “a giant biscuit!” laughs Beth.

When the sisters found Gwendolyn’s simple, elegant drawings, they were thrilled to share them with Wayne Maness, the Williams Sonoma Vice President of Product Development. The hand-drawn blueprints were the spark for the Gwendolyn tabletop collection.

“I think she’d love this collection,” says Beth. “She loved a simple, elegant dish. This line reminds me of what she owned.” Trisha adds, “I think she’d be flattered to be in Williams Sonoma—it’s the ultimate, really.”

Trisha remembers that when she married Garth 15 years ago, she asked her mother to make the cake. Gwendolyn at first declined, with an “I don’t do that any more.” Trisha promised it could be simple—something small for friends and family—and Gwendolyn agreed. Then she made a five-tier cake and, Trisha remembers, “it was fabulous. Gwen was a superhero.” Mom even gave Trisha the bride and groom that were on dela wedding cake. It meant the world to her daughter.

Esse collection also means a lot to the girls, who will use it at home every day. “It’s another way to honor her,” says Trisha. “These are the kinds of pieces that can become your family tradition.”


Trisha Yearwood Remembers Her Mom in the Most Beautiful Way

Multiple Grammys. UMA must-watch Rede de comida programa de TV. To see Trisha Yearwood in action is to see an incredible woman in action. So it’s no surprise to learn that an equally incredible woman inspired her. We’re thrilled to announce a new tabletop collection called “Gwendolyn,” an elegant, everyday dinnerware line based on the wedding cakes Trisha’s mother, Gwendolyn, made when her girls were young.

Para Assistir Trisha and her sister Beth recall their mom’s hard work—and to see the looping, whimsically refined plateware that resulted from their collaboration with Williams Sonoma—is to see two daughters missing their late Mom, who they call their “hero.” Here’s a bit more about Gwendolyn, whose signature—un-retouched, because her handwriting was flawless—marks every cup, saucer and plate in this knockout new line.

“Fearless,” remembers Trisha. If she was still here, “Mom would be the star of her own cooking show.” Gwendolyn took a break from her work as a teacher to stay home with them before the two of them attended grade school, but she kept plenty busy beyond the already-daunting work of raising two kids. She was a seamstress and a wedding cake maker, among many other things.

Beth recalls a wedding for which mom Gwendolyn had made the cake. That wasn’t enough. “I remember her making a dress to wear para that wedding!”

They learned to cook from Mom, and from their grandmother, and the sisters maintain a special cooking relationship. “We have a shorthand in the kitchen,” they laugh. “We’ve been [there] together our whole lives—we sorta know what the other one’s gonna do!”

“Our mom encouraged us to get in there, get in there and make biscuits, get your hands dirty,” elaborates Trisha. “I think that’s why we both cook now for our families, because we were both encouraged to.”

After all, they started young, when Gwendolyn launched a small business to pick up extra money by making cakes for weddings and birthdays. The little girls would marvel at her hand-made heart lattices and sugar bells—“She was the queen!” laughs Trisha.

They remember, too, helping walk the wedding cake, in pieces, to the ceremony. “Beth was older and more responsible,” laughs Trisha. “She’d carry the top,” which wasn’t “fixable,” like the middle pieces of the layer cake, which young Trisha was permitted to carry.

Trisha remembers that her mom—also a crack seamstress—used to pull together her costumes for shows in a flash. “I’d say ‘I want a nice fitted jacket with fringe,’ and she’d make it without a pattern,” the singer recalls.

The two girls thought their Mom threw together gorgeous five-layer wedding cakes without a plan, too, but after Gwendolyn passed, they found magazines with sketches tucked into them. She’d thought through every single cake, flourish, and bell. The third-grade teacher had handwriting that made her thank-you note recipients—she sent many—tuck them away for safekeeping. (That includes Trisha’s husband, Garth Brooks!) That’s why her lovely signature now adorns each piece.

Gwendolyn’s recipes, which she kept in a shoebox, were equally precise. “If using a GE range, it’s two hours at 200 degrees,” the notes might say, laughs Trisha. The girls both continue to make the recipes they learned from Mom and Grandma—like a strawberry shortcake that is beautiful, simple and reminiscent of “a giant biscuit!” laughs Beth.

When the sisters found Gwendolyn’s simple, elegant drawings, they were thrilled to share them with Wayne Maness, the Williams Sonoma Vice President of Product Development. The hand-drawn blueprints were the spark for the Gwendolyn tabletop collection.

“I think she’d love this collection,” says Beth. “She loved a simple, elegant dish. This line reminds me of what she owned.” Trisha adds, “I think she’d be flattered to be in Williams Sonoma—it’s the ultimate, really.”

Trisha remembers that when she married Garth 15 years ago, she asked her mother to make the cake. Gwendolyn at first declined, with an “I don’t do that any more.” Trisha promised it could be simple—something small for friends and family—and Gwendolyn agreed. Then she made a five-tier cake and, Trisha remembers, “it was fabulous. Gwen was a superhero.” Mom even gave Trisha the bride and groom that were on dela wedding cake. It meant the world to her daughter.

Esse collection also means a lot to the girls, who will use it at home every day. “It’s another way to honor her,” says Trisha. “These are the kinds of pieces that can become your family tradition.”


Trisha Yearwood Remembers Her Mom in the Most Beautiful Way

Multiple Grammys. UMA must-watch Rede de comida programa de TV. To see Trisha Yearwood in action is to see an incredible woman in action. So it’s no surprise to learn that an equally incredible woman inspired her. We’re thrilled to announce a new tabletop collection called “Gwendolyn,” an elegant, everyday dinnerware line based on the wedding cakes Trisha’s mother, Gwendolyn, made when her girls were young.

Para Assistir Trisha and her sister Beth recall their mom’s hard work—and to see the looping, whimsically refined plateware that resulted from their collaboration with Williams Sonoma—is to see two daughters missing their late Mom, who they call their “hero.” Here’s a bit more about Gwendolyn, whose signature—un-retouched, because her handwriting was flawless—marks every cup, saucer and plate in this knockout new line.

“Fearless,” remembers Trisha. If she was still here, “Mom would be the star of her own cooking show.” Gwendolyn took a break from her work as a teacher to stay home with them before the two of them attended grade school, but she kept plenty busy beyond the already-daunting work of raising two kids. She was a seamstress and a wedding cake maker, among many other things.

Beth recalls a wedding for which mom Gwendolyn had made the cake. That wasn’t enough. “I remember her making a dress to wear para that wedding!”

They learned to cook from Mom, and from their grandmother, and the sisters maintain a special cooking relationship. “We have a shorthand in the kitchen,” they laugh. “We’ve been [there] together our whole lives—we sorta know what the other one’s gonna do!”

“Our mom encouraged us to get in there, get in there and make biscuits, get your hands dirty,” elaborates Trisha. “I think that’s why we both cook now for our families, because we were both encouraged to.”

After all, they started young, when Gwendolyn launched a small business to pick up extra money by making cakes for weddings and birthdays. The little girls would marvel at her hand-made heart lattices and sugar bells—“She was the queen!” laughs Trisha.

They remember, too, helping walk the wedding cake, in pieces, to the ceremony. “Beth was older and more responsible,” laughs Trisha. “She’d carry the top,” which wasn’t “fixable,” like the middle pieces of the layer cake, which young Trisha was permitted to carry.

Trisha remembers that her mom—also a crack seamstress—used to pull together her costumes for shows in a flash. “I’d say ‘I want a nice fitted jacket with fringe,’ and she’d make it without a pattern,” the singer recalls.

The two girls thought their Mom threw together gorgeous five-layer wedding cakes without a plan, too, but after Gwendolyn passed, they found magazines with sketches tucked into them. She’d thought through every single cake, flourish, and bell. The third-grade teacher had handwriting that made her thank-you note recipients—she sent many—tuck them away for safekeeping. (That includes Trisha’s husband, Garth Brooks!) That’s why her lovely signature now adorns each piece.

Gwendolyn’s recipes, which she kept in a shoebox, were equally precise. “If using a GE range, it’s two hours at 200 degrees,” the notes might say, laughs Trisha. The girls both continue to make the recipes they learned from Mom and Grandma—like a strawberry shortcake that is beautiful, simple and reminiscent of “a giant biscuit!” laughs Beth.

When the sisters found Gwendolyn’s simple, elegant drawings, they were thrilled to share them with Wayne Maness, the Williams Sonoma Vice President of Product Development. The hand-drawn blueprints were the spark for the Gwendolyn tabletop collection.

“I think she’d love this collection,” says Beth. “She loved a simple, elegant dish. This line reminds me of what she owned.” Trisha adds, “I think she’d be flattered to be in Williams Sonoma—it’s the ultimate, really.”

Trisha remembers that when she married Garth 15 years ago, she asked her mother to make the cake. Gwendolyn at first declined, with an “I don’t do that any more.” Trisha promised it could be simple—something small for friends and family—and Gwendolyn agreed. Then she made a five-tier cake and, Trisha remembers, “it was fabulous. Gwen was a superhero.” Mom even gave Trisha the bride and groom that were on dela wedding cake. It meant the world to her daughter.

Esse collection also means a lot to the girls, who will use it at home every day. “It’s another way to honor her,” says Trisha. “These are the kinds of pieces that can become your family tradition.”


Trisha Yearwood Remembers Her Mom in the Most Beautiful Way

Multiple Grammys. UMA must-watch Rede de comida programa de TV. To see Trisha Yearwood in action is to see an incredible woman in action. So it’s no surprise to learn that an equally incredible woman inspired her. We’re thrilled to announce a new tabletop collection called “Gwendolyn,” an elegant, everyday dinnerware line based on the wedding cakes Trisha’s mother, Gwendolyn, made when her girls were young.

Para Assistir Trisha and her sister Beth recall their mom’s hard work—and to see the looping, whimsically refined plateware that resulted from their collaboration with Williams Sonoma—is to see two daughters missing their late Mom, who they call their “hero.” Here’s a bit more about Gwendolyn, whose signature—un-retouched, because her handwriting was flawless—marks every cup, saucer and plate in this knockout new line.

“Fearless,” remembers Trisha. If she was still here, “Mom would be the star of her own cooking show.” Gwendolyn took a break from her work as a teacher to stay home with them before the two of them attended grade school, but she kept plenty busy beyond the already-daunting work of raising two kids. She was a seamstress and a wedding cake maker, among many other things.

Beth recalls a wedding for which mom Gwendolyn had made the cake. That wasn’t enough. “I remember her making a dress to wear para that wedding!”

They learned to cook from Mom, and from their grandmother, and the sisters maintain a special cooking relationship. “We have a shorthand in the kitchen,” they laugh. “We’ve been [there] together our whole lives—we sorta know what the other one’s gonna do!”

“Our mom encouraged us to get in there, get in there and make biscuits, get your hands dirty,” elaborates Trisha. “I think that’s why we both cook now for our families, because we were both encouraged to.”

After all, they started young, when Gwendolyn launched a small business to pick up extra money by making cakes for weddings and birthdays. The little girls would marvel at her hand-made heart lattices and sugar bells—“She was the queen!” laughs Trisha.

They remember, too, helping walk the wedding cake, in pieces, to the ceremony. “Beth was older and more responsible,” laughs Trisha. “She’d carry the top,” which wasn’t “fixable,” like the middle pieces of the layer cake, which young Trisha was permitted to carry.

Trisha remembers that her mom—also a crack seamstress—used to pull together her costumes for shows in a flash. “I’d say ‘I want a nice fitted jacket with fringe,’ and she’d make it without a pattern,” the singer recalls.

The two girls thought their Mom threw together gorgeous five-layer wedding cakes without a plan, too, but after Gwendolyn passed, they found magazines with sketches tucked into them. She’d thought through every single cake, flourish, and bell. The third-grade teacher had handwriting that made her thank-you note recipients—she sent many—tuck them away for safekeeping. (That includes Trisha’s husband, Garth Brooks!) That’s why her lovely signature now adorns each piece.

Gwendolyn’s recipes, which she kept in a shoebox, were equally precise. “If using a GE range, it’s two hours at 200 degrees,” the notes might say, laughs Trisha. The girls both continue to make the recipes they learned from Mom and Grandma—like a strawberry shortcake that is beautiful, simple and reminiscent of “a giant biscuit!” laughs Beth.

When the sisters found Gwendolyn’s simple, elegant drawings, they were thrilled to share them with Wayne Maness, the Williams Sonoma Vice President of Product Development. The hand-drawn blueprints were the spark for the Gwendolyn tabletop collection.

“I think she’d love this collection,” says Beth. “She loved a simple, elegant dish. This line reminds me of what she owned.” Trisha adds, “I think she’d be flattered to be in Williams Sonoma—it’s the ultimate, really.”

Trisha remembers that when she married Garth 15 years ago, she asked her mother to make the cake. Gwendolyn at first declined, with an “I don’t do that any more.” Trisha promised it could be simple—something small for friends and family—and Gwendolyn agreed. Then she made a five-tier cake and, Trisha remembers, “it was fabulous. Gwen was a superhero.” Mom even gave Trisha the bride and groom that were on dela wedding cake. It meant the world to her daughter.

Esse collection also means a lot to the girls, who will use it at home every day. “It’s another way to honor her,” says Trisha. “These are the kinds of pieces that can become your family tradition.”



Comentários:

  1. Lawrence

    I'm sure at the wrong path.

  2. Jiri

    Talentoso ...

  3. Jenyd

    Peço desculpas, mas não é absolutamente necessário para mim. Existem outras variantes?

  4. Tushura

    Boa tarde a todos os visitantes deste lindo blog. Também quero contribuir para toda a história de críticas positivas. Como todos os outros usuários deste blog, estou completamente satisfeito com absolutamente tudo (o que é bastante raro, já que sou professor por profissão). A velocidade do trabalho, a navegação, uma interface convencionalmente entendida e um mar inteiro de informações positivas são o meu ambiente favorito. Hoje sou a primeira vez neste site, mas estou pronto para me tornar um usuário ativo dele. Ficarei feliz com todos que me apoiarão e também usarão este blog dia após dia.



Escreve uma mensagem